Resenha: A Última Música por Nicholas Sparks

A última música

Título:  A Última Música

Autor: Nicholas Sparks

Editora: Novo Conceito

Ano: 2010
Páginas: 400

 Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virada de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciaram e seu pai decide ir morar na praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor para os filhos passarem as férias de verão com ele na Carolina do Norte. O pai de Ronnie, ex-pianista, vive uma vida tranquila na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação dele e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade – e dor – jamais sentida. Uma história inesquecível de amor, carinho e compreensão – o primeiro amor, o amadurecimento, a relação entre pais e filhos, o recomeço e o perdão – A ULTIMA MÚSICA demonstra, como só Nicholas Sparks consegue, as várias maneiras que o amor é capaz de partir e curar seu coração. 

Oi pessoal, hoje estreio meu blog com um livro que gostei muito de ler, e trago para vocês a resenha deste livro, que é simplesmente maravilhosa a história, eu confesso que gosto muito das histórias de Nicholas Sparks, sou fã de carteirinha (rs). Bom, então vamos a resenha, É uma história comovente, que me fez até repensar na vida, mas não é só sobre o amor entre um casal que é retratado no livro, mas também o amor e a amizade entre pai e filhos. É realmente uma lição de vida e algo de bom para ser pensado para a nossa vida.

 

Em A Última Música o autor Nicholas Sparks nos apresenta em cada capítulo a vida dos personagens, Marcos, Steve, Will e especialmente Ronnie. Uma garota mau humorada, vegetariana, revoltada com a vida e o mundo, e que culpa seu pai pela separação da família, ela não fala com ele há três anos e jurou que jamais voltaria a tocar piano. Também não tem um relacionamento muito bom com a mãe, as duas só fazem discutir. Vive em festas, já foi acusada de roubo e é completamente rebelde. A partir disso, sua mãe decide que Ronnie e seu irmão Jonah, tem que passar o verão com o pai, em uma cidade que nada de interessante acontece e onde diversão é pescar, brincar na lama e vigiar ninhos de tartarugas. Contudo, é vivendo essa realidade que Ronnie conhece Will e vê sua vida mudar em pouco tempo. E muda mesmo.

 

Como já falei anteriormente, essa é um história comovente, cheia de amor, perdão e de segundas chances. A Última Música é mais que ótimo… é surpreendente! A pesar do clichê de “garota revoltada”, Ronnie é uma das personagens mais engraçadas do livro, mas Will e Jonah não ficam por baixo e também conseguem cativar.

 

E o filme, quem já assistiu? Eu achei o filme também muito bom e acho que só não me emocionei mais lendo o livro por que já tinha visto o filme antes de ler e já sabia o que estava para acontecer na história, mas apesar disso, a leitura desse livro foi uma experiência incrível. O filme é protagonizado pela queridíssima Miley Cyrus e o Liam gostoso Hemsworth,

Vou deixar o link do trailer do filme pra vocês! Amoooo a trilha sonora do filme!!! Vale muito a pena assistir e ler esse livro incrivelmente envolvente. Continuar lendo

Anúncios